Duplicação da BR-290

Duplicação da BR-290

Nesta segunda-feira, 25, em Butiá, a Bancada Gaúcha, coordenada pelo Deputado Federal Giovani Cherini (PR), participou da reunião sobre a Duplicação da BR 290. A reunião foi solicitada pela Frente Parlamentar pela Duplicação da BR 290, presidida pelo Deputado Estadual Mainardi. A Frente busca apoio da Bancada Gaúcha para incluir esta obra nas emendas do Orçamento Geral da União – OGU 2018. No ato, também estiveram presentes colegas de Bancada, vereadores e prefeitos da região. O Vereador Leandro Felício (PR), Vereador Eliseu Andrin (PPS) e Vereadora Taila Medeiros (PSB), presidente da Frente Regional em Defesa da Continuidade das Obras de Duplicação da BR290, ficarão a frente desta questão no município. A obra federal foi autorizada em 2014, mas se encontra praticamente paralisada, em um ritmo muito lento, desde o final de 2015. A estrada é uma das principais vias federais do Rio Grande do Sul e compõe a chamada Rodovia do Mercosul, que deve ligar São Paulo a Buenos Aires. Em toda essa extensão, apenas a BR-290, principal via de acesso da região da Campanha a Porto Alegre, não está duplicada. Segundo dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF), nos últimos cinco anos foram 2.111 acidentes, o que causou 112 mortos e 400 feridos graves. Cerca de 30% desses acidentes são resultado de colisões frontais ou transversal, que causaram 50% das mortes. ASCOM/DEP. GIOVANI...
R$ 181 milhões de emendas da Bancada Gaúcha para Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre

R$ 181 milhões de emendas da Bancada Gaúcha para Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre

R$ 181 milhões de emendas da Bancada Gaúcha para Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre Nesta segunda-feira, 25, a Bancada Gaúcha, coordenada pelo Deputado Federal Giovani Cherini, esteve em reunião na Santa Casa de Misericórdia em Porto Alegre. Estiveram presentes o provedor da Santa Casa, Dr Alfredo Guilherme Engler, Diretor administrativo, Dr Julio Mattos, Dr Luchese, diretor clínico, diretor de serviços, médicos, enfermeiros e vários parlamentares, senadores, ex-senadores Sérgio Zambiasi, Pedro Simon e também ex-governador Olívio Dutra. O Dr Julio Mattos fez um resumo sobre a estrutura, bem como o funcionamento da Santa Casa que atende consultas, sendo 60% SUS e 40% particular e convênios. A bancada Gaúcha tem viabilizado emendas de bancada desde 2009 para a Santa Casa, sendo neste ano R$ 15 milhões, 2011 R$ 16 milhões e 2016 R$ 150 milhões utilizados para a reforma e modernização do complexo hospitalar, sendo 35 projetos como acessibilidade, ambulatório do Hospital da Criança Santo Antônio , pavimento da UTI e oncologia, e Hospital Santa Clara, nova unidade de hemodiálise, centro de atenção a mulher, ao homem e ao idoso, a nova emergência, entre outros. Os projetos estão sendo finalizados, com previsão de início de obras no primeiro trimestre de 2018. Após a exposição os deputados presentes e representados por assessorias, receberam a prestação de contas e na solenidade, uma placa de reconhecimento com nomes dos parlamentares que integraram a bancada no período de 2007 a 2017 que será fixada no prédio principal da...
AÇÕES EM DEFESA DO TRADICIONALISMO DO RS

AÇÕES EM DEFESA DO TRADICIONALISMO DO RS

  Com orgulho, o parlamentar que mais se dedica a trabalhar pela valorização da cultura tradicionalista do nosso Rio Grande tendo-o tornado Conselheiro Honorário do Movimento tradicionalista gaúcho – MTG. CONHEÇA ALGUMAS DAS AÇÕES: Apresentação do Projeto de Lei nº 926/2011 que busca conferir a este legítimo representante da cultura gaúcha o reconhecimento de Patrimônio Histórico e Cultural do Brasil; Autor da Lei 11.929, que institui o churrasco como prato típico e o chimarrão como bebida símbolo do Rio Grande do Sul e estabelece o dia 24 de abril como o Dia do Churrasco e Dia do Chimarrão; Autor da Lei 12.150 que declara como integrante do patrimônio histórico e cultural do Estado o Acampamento Farroupilha; Autor da Lei 12.150 que declara a como integrante do patrimônio histórico e cultural do Estado o Cipreste Farroupilha, de Guaíba; Autor da Lei 12.992 que declara como integrante do patrimônio histórico e cultural do Estado e escultura-símbolo, a estátua do Laçador; Autor da Resolução nº 2.708, institui o Prêmio Teixeirinha que tem como objetivos homenagear, anualmente, cantores, cantoras, trovadores, trovadoras, declamadores, declamadoras, compositores… enfim, o melhor da cultura rio-grandense, Autor da Coleção Símbolos do RS: Oficialmente, símbolos do Rio Grande do Sul são DEZ: a árvore é a erva-mate (Lei 7.439); a bebida é o chimarrão (Lei 11.929); a ave é o quero-quero (Lei 7.418); a flor é o brinco-de-princesa (Decreto 38.400); o animal é o cavalo crioulo (Lei 11.826); a planta medicinal é a marcela (Lei 11.858); a escultura é a Estátua do Laçador (Lei 12.992); a gaita é o instrumento-símbolo (Lei 13.513); as carreiras de cavalos em cancha reta o...
R$ 2 bilhões para Rosário do Sul e Santana do Livramento

R$ 2 bilhões para Rosário do Sul e Santana do Livramento

R$ 2 bilhões para Rosário do Sul e Santana do Livramento Publicado nesta quinta-feira, 31, no Diário Oficial da União, governo confirma Ato de Assentimento para investimentos em energia eólica no RS. Mediante intervenção do coordenador da Bancada Gaúcha, deputado Giovani Cherini (PR) junto ao sargento Xislair Antonio Silva, do Conselho de Defesa Nacional, nesta quinta-feira, 31,  foi publicado no Diário Oficial da União o  Ato de Assentimento Prévio nº 117, que permite o uso de terras para a implantação de um parque eólico entre Rosário do Sul e Santana do Livramento. Na semana passada, 22, liderados pelo deputado Giovani Cherini (PR), os parlamentares da Bancada Gaúcha no Congresso Nacional, se reuniram em Brasília, com a comitiva de município de Rosário do Sul e representantes da empresa Ibraeólica do Brasil Ltda. A Bancada Gaúcha interveio ao Conselho de Defesa Nacional (CDN) para que o projeto da fronteira oeste do Rio Grande do Sul fosse publicado, e que a empresa pudesse participar do leilão que ocorrerá no início do mês de setembro. Giovani Cherini lembrou que o projeto eólico atende os municípios de Rosário do Sul e Santana do Livramento e chega ao montante de R$ 2 bilhões, sendo R$ 1,2 bilhão na primeira fase com geração de energia de 202 MW, e aproximadamente R$ 900 milhões na segunda fase com geração de 150 MW. Durante a reunião, a prefeita de Rosário do Sul, Zilase Cunha, e o representante da empresa Ibraeólica, Francisco Javier, fizeram uma explanação aos deputados federais e senadores gaúchos. FONTE: Assessoria de Comunicação/Dep. Federal Giovani Cherini...