BANCADA GAÚCHA – LISTA RESUMIDA DE EMENDAS DE BANCADA

BANCADA GAÚCHA – LISTA RESUMIDA DE EMENDAS DE BANCADA

BANCADA GAÚCHA   Santa Casa de Porto Alegre:  TOTAL: R$ 206.760.000,00 – Para reformas e equipamentos)   PUC de Porto Alegre:  TOTAL – R$ 35.129.000,00  – Para reformas e equipamentos   Beneficência Portuguesa: TOTAL – R$ 8.999.000,00  – Equipamentos Médicos – Aguardando Pagamento   Grupo Hospitalar Conceição: TOTAL –  R$ 44.431.251,00 – Para a Oncologia   Hospital de Palmeira das Missões R$ 5.450.000,00, aguardando empenho e pagamento OGU 2017.   Segurança Pública: R$ 78.706.900,00 Deste valor, estão pagos R$ 11.419.190,00 para reaparelhamento da polícia oficial e estruturação as delegacias especializadas. Empenhado  R$ 67.287.900,00  – Para cercamento eletrônico, parque tecnológico, radiocomunicação digital, viaturas para a Brigada Militar e para a Polícia Civil , além do reaparelhamento do serviço de inteligência.   Agricultura: R$ 66.414.796,00 – retroescavadeiras, trator   Travessia Urbana de Santa Maria: TOTAL: R$  66.800.000,00   Aeroporto Passo Fundo : R$ 45 milhões   BR 116: R$ 56.873,247   Ponte de Porto Xavier ligando a San Javier na Argentina: R$ 56.873,247   BR 285:   R$ 12.800.000,00  destinados para OGU 2018.   UFSM – Campos Cachoeira Sul R$ 14 milhões pagos no final de 2017   Ponte do Guaíba R$ 100...
I SEMINÁRIO DE IMPLEMENTAÇÃO DAS PIC’S NOS MUNICÍPIOS

I SEMINÁRIO DE IMPLEMENTAÇÃO DAS PIC’S NOS MUNICÍPIOS

RELEASE A Frente Parlamentar de Práticas Integrativas em Saúde do Congresso Nacional irá realizar no dia 17 de dezembro, o I Seminário de Implementação das Práticas Integrativas nos Municípios do RS, destinado a prefeitos, secretários municipais de saúde, profissionais de saúde e terapeutas. O seminário acontecerá no Plenarinho da Assembleia Legislativa, das 8h30min às 13h, em Porto Alegre, e terá como objetivo atualizar e articular estratégias para a implantação das Praticas Integrativas pelas Prefeituras Municipais para diminuição das doenças no RS. O Ministério da Saúde confirmou participação, através do Daniel Amado, CoordenadorNacional de Práticas Integrativas e Complementares do Ministério da Saúde,  que falará sobre como o município pode implementar as Práticas Integrativas.  O deputado Giovani Cherini, presidente da Frente Parlamentar e coordenador do evento, falará sobre a diminuição da doença através da Práticas Integrativas  em Saúde. “No RS temos altos índices de óbito por neoplasia, doenças cardiovasculares e respiratórias, entre outras. Aumentam também os índices de transtornos mentais, suicídios, depressão e outras patologias”, afirma o parlamentar. Também participarão, como palestrantes, Elma SantaAna, Dra. Marcia Jacobsen e a secretaria de saúde de Frederico Westphalen, Marta Chielle. Saiba mais: As Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS), denominadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como Medicinas Tradicionais e Complementares/Integrativas, foram institucionalizadas no Sistema Único de Saúde em 2006. A Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS (PNPIC) contempla diretrizes e responsabilidades institucionais para oferta de serviços e produtos de homeopatia, medicina tradicional chinesa/acupuntura, plantas medicinais e fitoterapia, além de constituir observatórios de medicina antroposófica e termalismo social/crenoterapia. Em 2017, a PNPIC foi ampliada em 14 novas práticas: Arteterapia, Ayurveda,...
R$ 181 milhões de emendas da Bancada Gaúcha para Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre

R$ 181 milhões de emendas da Bancada Gaúcha para Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre

R$ 181 milhões de emendas da Bancada Gaúcha para Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre Nesta segunda-feira, 25, a Bancada Gaúcha, coordenada pelo Deputado Federal Giovani Cherini, esteve em reunião na Santa Casa de Misericórdia em Porto Alegre. Estiveram presentes o provedor da Santa Casa, Dr Alfredo Guilherme Engler, Diretor administrativo, Dr Julio Mattos, Dr Luchese, diretor clínico, diretor de serviços, médicos, enfermeiros e vários parlamentares, senadores, ex-senadores Sérgio Zambiasi, Pedro Simon e também ex-governador Olívio Dutra. O Dr Julio Mattos fez um resumo sobre a estrutura, bem como o funcionamento da Santa Casa que atende consultas, sendo 60% SUS e 40% particular e convênios. A bancada Gaúcha tem viabilizado emendas de bancada desde 2009 para a Santa Casa, sendo neste ano R$ 15 milhões, 2011 R$ 16 milhões e 2016 R$ 150 milhões utilizados para a reforma e modernização do complexo hospitalar, sendo 35 projetos como acessibilidade, ambulatório do Hospital da Criança Santo Antônio , pavimento da UTI e oncologia, e Hospital Santa Clara, nova unidade de hemodiálise, centro de atenção a mulher, ao homem e ao idoso, a nova emergência, entre outros. Os projetos estão sendo finalizados, com previsão de início de obras no primeiro trimestre de 2018. Após a exposição os deputados presentes e representados por assessorias, receberam a prestação de contas e na solenidade, uma placa de reconhecimento com nomes dos parlamentares que integraram a bancada no período de 2007 a 2017 que será fixada no prédio principal da...
AÇÕES EM DEFESA DO TRADICIONALISMO DO RS

AÇÕES EM DEFESA DO TRADICIONALISMO DO RS

  Com orgulho, o parlamentar que mais se dedica a trabalhar pela valorização da cultura tradicionalista do nosso Rio Grande tendo-o tornado Conselheiro Honorário do Movimento tradicionalista gaúcho – MTG. CONHEÇA ALGUMAS DAS AÇÕES: Apresentação do Projeto de Lei nº 926/2011 que busca conferir a este legítimo representante da cultura gaúcha o reconhecimento de Patrimônio Histórico e Cultural do Brasil; Autor da Lei 11.929, que institui o churrasco como prato típico e o chimarrão como bebida símbolo do Rio Grande do Sul e estabelece o dia 24 de abril como o Dia do Churrasco e Dia do Chimarrão; Autor da Lei 12.150 que declara como integrante do patrimônio histórico e cultural do Estado o Acampamento Farroupilha; Autor da Lei 12.150 que declara a como integrante do patrimônio histórico e cultural do Estado o Cipreste Farroupilha, de Guaíba; Autor da Lei 12.992 que declara como integrante do patrimônio histórico e cultural do Estado e escultura-símbolo, a estátua do Laçador; Autor da Resolução nº 2.708, institui o Prêmio Teixeirinha que tem como objetivos homenagear, anualmente, cantores, cantoras, trovadores, trovadoras, declamadores, declamadoras, compositores… enfim, o melhor da cultura rio-grandense, Autor da Coleção Símbolos do RS: Oficialmente, símbolos do Rio Grande do Sul são DEZ: a árvore é a erva-mate (Lei 7.439); a bebida é o chimarrão (Lei 11.929); a ave é o quero-quero (Lei 7.418); a flor é o brinco-de-princesa (Decreto 38.400); o animal é o cavalo crioulo (Lei 11.826); a planta medicinal é a marcela (Lei 11.858); a escultura é a Estátua do Laçador (Lei 12.992); a gaita é o instrumento-símbolo (Lei 13.513); as carreiras de cavalos em cancha reta o...
R$ 2 bilhões para Rosário do Sul e Santana do Livramento

R$ 2 bilhões para Rosário do Sul e Santana do Livramento

R$ 2 bilhões para Rosário do Sul e Santana do Livramento Publicado nesta quinta-feira, 31, no Diário Oficial da União, governo confirma Ato de Assentimento para investimentos em energia eólica no RS. Mediante intervenção do coordenador da Bancada Gaúcha, deputado Giovani Cherini (PR) junto ao sargento Xislair Antonio Silva, do Conselho de Defesa Nacional, nesta quinta-feira, 31,  foi publicado no Diário Oficial da União o  Ato de Assentimento Prévio nº 117, que permite o uso de terras para a implantação de um parque eólico entre Rosário do Sul e Santana do Livramento. Na semana passada, 22, liderados pelo deputado Giovani Cherini (PR), os parlamentares da Bancada Gaúcha no Congresso Nacional, se reuniram em Brasília, com a comitiva de município de Rosário do Sul e representantes da empresa Ibraeólica do Brasil Ltda. A Bancada Gaúcha interveio ao Conselho de Defesa Nacional (CDN) para que o projeto da fronteira oeste do Rio Grande do Sul fosse publicado, e que a empresa pudesse participar do leilão que ocorrerá no início do mês de setembro. Giovani Cherini lembrou que o projeto eólico atende os municípios de Rosário do Sul e Santana do Livramento e chega ao montante de R$ 2 bilhões, sendo R$ 1,2 bilhão na primeira fase com geração de energia de 202 MW, e aproximadamente R$ 900 milhões na segunda fase com geração de 150 MW. Durante a reunião, a prefeita de Rosário do Sul, Zilase Cunha, e o representante da empresa Ibraeólica, Francisco Javier, fizeram uma explanação aos deputados federais e senadores gaúchos. FONTE: Assessoria de Comunicação/Dep. Federal Giovani Cherini...