BR 386: Velocidade máxima de 100 km/h será implantada até o final do ano

BR 386: Velocidade máxima de 100 km/h será implantada até o final do ano
Compartilhe!

Anúncio para Bancada Gaúcha ocorreu em audiência no Ministério dos Transportes

 Em audiência da Bancada Gaúcha no Congresso Nacional no Ministério dos Transportes na tarde desta quarta-feira, 5, o ministro Antônio Carlos Rodrigues anunciou que a velocidade máxima para automóveis leves na BR 386 passará a 100 Km/h a partir do final do ano. A notícia foi comemorada pelos parlamentares que reivindicavam esta alteração.

Para o coordenador da bancada, deputado federal Giovani Cherini (PDT), a medida beneficia milhares de condutores que trafegam pela rodovia. “O trecho duplicado da BR 386 tem excelente condição de trafegabilidade, o que torna justa a velocidade alterar de 80 Km/h para 100 Km/h. Além do mais, essa rodovia se tornou ao longo do tempo uma fábrica de multas pelo excesso de pardais colocados em sua extensão”, afirmou o pedetista.

A audiência que contou com a participação de deputados estaduais e prefeitos representantes de associações de municípios ainda tratou da continuação das obras de duplicação da BR 290, duplicação da BR 386 entre Lajeado e Iraí e da ponte sobre o Rio Jacuí na BR 470. Os parlamentares argumentaram ao ministro da importância do andamento do projeto da ponte entre Triunfo e São Jerônimo. É uma obra importante e reivindicada há anos, pois evitará que 60% das cargas e 40% dos veículos que se deslocam da Serra Gaúcha a Rio Grande, na região Sul, tenham que ir até Porto Alegre. Além do mais, aproximadamente três mil veículos usam o serviço de balsas diariamente para cruzar pelo Rio Jacuí.

Giovani Cherini salienta que o Ministério dos Transportes irá procurar o Governo do Estado para buscar a viabilização de mais trechos no plano de concessões. Na BR 386, o estudo de duplicação ocorreu entre Lajeado e Carazinho, mas nada impede de que seja ampliado até Iraí, no norte gaúcho. “Porém, levando em consideração os sérios problemas econômicos do país, já estaríamos satisfeitos com a ampliação do projeto até Sarandi”, explicou o coordenador da Bancada Gaúcha.

Sobre a BR 290, há projeto de duplicação de Porto Alegre até Pantano Grande. O ministro Antônio Carlos Rodrigues diz que os trechos até Butiá e Minas do Leão devem ser concluídos assim que forem dadas as ordens de execução dos trabalhos. O Dnit está preparando um estudo ambiental para projetar a duplicação até Uruguaiana, um compromisso do Mercosul desde a década de 1990.

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *