Situação precária da Saúde faz autoridades ventilarem a volta da CPMF

Situação precária da Saúde faz autoridades ventilarem a volta da CPMF
Compartilhe!

Liderada pelo deputado federal Giovani Cherini (PDT/RS), a Bancada Gaúcha no Congresso Nacional se reuniu com o governador José Ivo Sartori nesta segunda-feira, 18, em Porto Alegre. Na ocasião, foram articuladas algumas ações a serem desempenhadas em Brasília com intuito de amenizar a crise dos hospitais filantrópicos e santas casas do Rio Grande do Sul.

bancada federal gaucha2De acordo com Giovani Cherini, uma das ideias que surgiu levantada pelo deputado Henrique Fontana, foi a recriação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira – CPMF ou pela criação de algum imposto semelhante que seja destinado à saúde. “Se falou inclusive em CPMF, que a saúde precisa encontrar formas de financiamento. A ideia do financiamento é de todos hoje. Se for o caso de nós precisarmos, lá na frente, criar um novo imposto, que é extremamente desgastante, mas a saúde justifica”, afirmou o deputado federal. Em curto prazo, o parlamentar explicou que se pode buscar é o aumento do teto do repasse federal, cerca de R$ 20 milhões a mais por mês. Porém, é sabido que o governo federal está fazendo um contingenciamento em razão da crise financeira.

 

bancada federal gauchaNa reunião foi definida a organização de uma agenda para cobrar mais repasses. Deve ser feita uma caravana aos ministérios da Fazenda e da Saúde para que seja exposta a situação dos hospitais filantrópicos e santas casas, que representam mais de 70% dos atendimentos pelo SUS no Estado. Esta viagem deve ocorrer no início do mês de junho, após retorna do governador em compromissos na Europa.

Fotos: Luiz Chaves/Palácio Piratini

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *